Vamos dá um tempo, mas continuaremos presentes

 

Depois de quatro anos de atividades o Portal Iraraense vai dá um tempo. Já era previsível. Ausências de coberturas e postagens cada vez menos frequentes serviam de prenuncio.

Até ai nada de novo. A história dos mídias no Brasil está repleta de exemplos. São poucos os veículos íntegros e independentes que conseguem sobrevier. Os que alcançam a sobrevivência se constituem nas raras e honrosas exceções.

A maioria dos que optam por fazer um trabalho sério e mais qualificado sucumbe. Os motivos são diversos: boicote, ameaças, falta de rentabilidade, etc.

É triste perceber que não conseguimos transformar o projeto “Iraraense.com” em um veículo rentável. E aos poucos o trabalho diletante do Portal foi perdendo espaço para as necessidades de sustentabilidade cotidianas que todos nós temos.

Por outro lado, a alegria é grande quando nos lembramos de tudo o que foi produzido. E também pela consciência de que o Iraraense foi importante para o seu público leitor, para a cidade de Irará e para os iraraenses que residem fora.

Notícias, informes, colunas, serviço público, biblioteca virtual e cobertura de diversos eventos. Alguns ainda ganharam grandes álbuns de fotografias. Ao todo são mais de 3,4 mil fotos, distribuídas em 58 álbuns de memórias e acontecimentos do Irará.

Para que este acervo não ficasse perdido, tomamos o cuidado de migrar e reunir todo o conteúdo do Portal em um blog.

Através desta plataforma, que pode ser acessada pelo mesmo http://www.iraraense.com.br, o internauta chegará a toda produção do Iraraense.com.

Ainda neste blog, continuaremos a divulgar a versão digital de A Gazeta de Irará e toda e qualquer nota a nós enviada, desde que seja de utilidade pública para o município e região.

Além disto, continuará ativa a nossa conta do Twitter e a fã-page do Iraraense no Facebook, hoje curtida por 3.434 pessoas.

Desta maneira, mesmo dando um tempo em nossas atividades, continuaremos presente, prestando algum serviço aos internautas iraraenses.

Obrigado a todos e a todas!
Roberto Martins